Confira como foi a primeira edição da SAS em 2018

Mais de 10 empresas deram ouvidos `a causa surda. De 24 a 30 de setembro de 2018, profissionais selecionados e treinados pela campanha #surdoehquemfala estiveram em lojas, escritórios, fábrica, faculdade, museu e cinema para destacar e valorizar toda a diversidade que a surdez contem: Sinalização (Libras) e Oralização (Leitura Labial).
O Brasil tem pelo menos mais de 10 milhões de pessoas que ja identificaram perda auditiva e outras 2,5 milhões que diagnosticaram perda severa ou profunda. Dados do IBGE (Instituo Brasileiro de Geografia e Estatística), registrados pelo ultimo Censo, em 2010. De la pra ca muita coisa ja mudou e segundo a OMS (Organização Mundial de Saude) no mundo são pelo menos 500 milhões de surdos e ate 2015 serão em torno de 1 bilhão. Uma multidão de pessoas que poderiam ter a exclusão social amenizada se ouvintes fosse agissem com empatia: olhando nos olhos enquanto conversam, falando articuladamente, repetindo sempre que necessário sem mau-humor, exercitando noções básicas de libras.
O objetivo da SAS é proporcionar, aos surdos e `as pessoas com perda auditiva, oportunidades de autonomia e independência em situações do dia-a-dia, incentivar o Comércio e o setor de Serviços a atenderem com acessibilidade, dar dicas de leitura labial e de Libras a atendentes e ainda orientar a população ouvinte sobre como preservar  saude auditiva. Uma ação social inédita e completa de inclusão social, que acolhe surdos e ouvintes juntos!
Acreditamos que nenhuma Língua, seja falada, escrita ou sinalizada, pode ser obstáculo para um convivo social pleno e harmonioso. #surdoehquemfala

Patrocinadores de 2018

PARTICIPE!

AJUDE A DIMINUIR O PRECONCEITO CONTRA A PESSOA COM PERDA AUDITIVA

Millena Machado

Entre em contato